Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim, e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gl 2:20

sábado, 26 de junho de 2010

Eu não consigo Explicar

Começo este post por dizer: EU NÃO CONSIGO EXPLICAR.
Não eu não posso, até tento, mas não consigo...CRISTO MORREU POR MIM. Deu sua vida por uma pecadora como eu, sim, como eu. COMO EU SOU GRATA. Estou meditando neste momento, sobre como muitos, e quando digo muitos, são realmente muitos, podem viver e dizer que aceitaram-no, que o glorificam, se em suas vidas refletem exatamente o contrário, se em suas caminhadas o cheiro fétido do pecado exala por onde quer que passam, e a evidente falta de arrependimento, a constante vida inconstante e desfrutadora de um mundo que nada tem pra oferecer, o febril e incessante desejo de realizar suas próprias vontades estampado em seus rostos, ou seja os muitos que se dizem espirituais, que falam do nome CRISTO, sem que seus joelhos tremam, sem que seus corações se apertem, sem que se sintam humilhados e constrangidos diante de um Deus que tem poder tanto para salvar como para mandar para o inferno, toda e qualquer criatura.
NÃO, EU NÃO CONSIGO EXPLICAR. Sinto meu coração a tremer, como eu o glorifico, exalto, adoro,como o mundo não consegue ver. Como podem chamar de evangelho algo parecido ao " Pronto a comer", onde você chega, alguém já preparou a refeição você diz: "Sim eu aceito" e come, rápido, fácil, e estupidamente mortal. Como se fosse um dowmload de um ficheiro grande em que vem como uma pasta zippada ou comprimida, extremamente reduzida, onde ninguém se preocupa em "Extrair os ficheiros". É rápido, é fácil e repito, estupidamente mortal.
Ninguém quer falar de Cristo, e quando falam choramingam a Sua paixão por longos minutos, mostrando Cristo como um sofredor, um martírio físico apenas: "OH, QUE TRISTE", pensa a maioria que ouve, lágrimas rolam, o sentimentalismo predomina: "OH ELE MORREU POR MIM, QUE TRISTE", e aceitam, ou por outra "escolhem" porque Cristo é apresentado como um sofredor pregado na Cruz e não como um vitorioso que carregou a IRA DO TODO-PODEROSO, justamente por estar completamente cheio da maldição do pecado o qual esse mesmo DEUS não suporta, e o qual esse mesmo DEUS, o moeu na CRUZ, e isso lhe foi extremamente agradável, não por ver seu filho pregado na CRUZ, mas por ver a Vitória de Seu filho realizando um Sacrifício perfeito o qual nem eu nem você o poderíamos fazer por sermos uns perfeitos pecadores e destituídos de Sua glória.
E o mundo lembra um sofrimento apenas humano, e não pensa na verdadeira razão, e na verdadeira dor de Cristo, porque Ele sabia que tal sacrifício o separaria de Seu Pai, quando nunca antes, em nenhum momento tal absurdo aconteceu; mas porque o homem é rebelde, é mau, e odeia a Deus, isso aconteceu. E por minha causa e sua causa Cristo sofria o Seu maior sofrimento na Cruz quando disse: Mateus 27:46

E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactáni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?

E uma geração preocupada em um sentimentalismo barato, que têm levado muitos para o inferno e  por que? Porque simplesmente ouvem e creem naquilo que querem ouvir e crer, pois é muito mais bonito falar de Cristo como no famoso filme "PAIXÃO DE CRISTO" onde apenas e repito, apenas e somente é enfatizado o sofrimento físico de Cristo, e não a real razão, e muito menos o seu maior sofrimento, que nem de longe se compara com o físico. Ou você julga que estar ALIENADO de Deus, mesmo que por breves instantes, completamento maldito, culpado, de uma maldição e uma culpa que nem suas eram não se torna por si só o MAIOR SOFRIMENTO QUE SE PODE PASSAR? Ou por outra, você não contemplou, nem leve, nem momentaneamente a Glória de Deus sobre sua vida, e digo mais, Cristo O conhecia na Sua plenitude, porque Ele próprio referiu: 
João17:21 Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. 

17:22 E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.

João 17:25 Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim. E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.
 
EU NÃO CONSIGO EXPLICAR, por mais que quisesse, por mais que tentasse, como ficar inerte, com o coração petrificado, como não ser impactado, e não se arrepender, não renunciar ao mundo, a nós mesmos, diante de um Deus que deixou toda a Sua glória, se fez carne, habitou entre nós(joão 1:14), permitiu que a nossa maldição o separasse de alguém do qual Ele nunca se tinha separado, e ainda assim, não nos prostrarmos, não o glorificarmos, não o exaltarmos, atraves de nossas vidas, não renunciarmos a podridão a imundícia de nossas vidas pecaminosas, e negar nos render diante Dele, e aquele que julga tê-lo feito, mas em nada sua vida o denucia, mais valia nunca tal ter feito.
 
Hoje, EU NÃO CONSIGO EXPLICAR, que nossos corações verdadeiramente se tremeram um dia, continuem a tremer e a temer, e a amar um Deus como este, que nem ao Seu próprio filho poupou.
 
8:32 Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?

Graça e paz

Eliete Reis
 

3 comentários:

preberjamil disse...

Tem um hino do Cantor Cristão que diz: "Quem pode o seu amor contar? Quem pode seu amor contar? O grande amor do Salvador. Quem poderá contar?" Outro hino contemporâneo diz: "Eu nunca saberei o preço dos meus pecados lá na cruz1". O fato é que sabemos o que Des fez através de Jesus, mas não dá para dimensionar amor tão grande e arrebatador!

Eliete Reis disse...

É verdade, jamais saberemos tamanho preço, só nos resta a gratidão e a obediencia em amor a este Deus que tudo deu por nós...

Hermes C. Fernandes disse...

Parabéns pelo excelente conteúdo do blog. Já estou seguindo!

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

A propósito, se quiser trocar banners, estou à disposição.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Te espero lá!

Enviar um comentário

Divulgando Blogs amigos








Meu orkut

Blog Afiliado

União de Blogueiros Evangélicos
 

Proclamar Te | Creative Commons Attribution- Noncommercial License | Dandy Dandilion Designed by Simply Fabulous Blogger Templates